Vaticano vai ajudar no regresso de crianças ucranianas deportadas

Papa Francisco fala com jornalistas na viagem de regresso da Hungria
Papa Francisco fala com jornalistas na viagem de regresso da Hungria Direitos de autor Vincenzo Pinto/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Papa diz que "está em curso missão" da Santa Sé para ajudar a devolver à Ucrânia crianças levadas para a Rússia

PUBLICIDADE

O Papa Francisco revelou que "está em curso uma missão" do Vaticano para ajudar a devolver à Ucrânia crianças que foram deportadas para a Rússia durante a guerra.

O Sumo Pontífice fez o anúncio na viagem de regresso da Hungria, mas não quis avançar detalhes acerca da missão.

Papa Francisco:"A Santa Sé já agiu como intermediário em algumas situações de trocas de prisioneiros, através da embaixada. E elas correram bem. Penso que esta também poderá ser bem sucedida. É importante. No mínimo, a Santa Sé está disposta a fazê-lo porque é a coisa certa a fazer. Temos de ajudar, para que isto não seja um "casus belli", mas sim um caso humano."

Na semana passada, o primeiro-ministro ucraniano pediu, num encontro com o líder da Igreja Católica, ajuda para o regresso das crianças ucranianas levadas pelo invasor russo. 

Em março, o Tribunal Internacional de Justiça emitiu um mandado de captura contra Vladimir Putin pelo alegado envolvimento no sequestro de crianças. 

A Rússia nega qualquer crime e defende que as crianças foram transportadas para garantir a sua própria segurança.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Homenagem a vítimas dos ataques em Uman

Suecos divididos sobre adesão à NATO: "Sempre fomos um país neutro"

Ataques russos com drones e mísseis matam cinco civis na Ucrânia