Rússia ataca Odessa pela segunda noite consecutiva

O comando militar disse que edifícios residenciais foram atingidos pelas ondas de choque ou por detritos
O comando militar disse que edifícios residenciais foram atingidos pelas ondas de choque ou por detritos Direitos de autor OLEKSANDR GIMANOV/AFP
Direitos de autor OLEKSANDR GIMANOV/AFP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A cidade portuária do sul da Ucrânia sofreu um ataque maciço com drones e mísseis. 12 civis ficaram feridos.

PUBLICIDADE

Pela segunda noite consecutiva, a Rússia atacou a cidade portuária de Odessa, no sul da Ucrânia. Pelo menos 12 civis, incluindo uma criança, ficaram feridos durante o ataque. O comando militar disse que edifícios residenciais foram danificados pelas ondas de choque ou detritos resultantes do abate dos mísseis ou drones.

O conselheiro do presidente ucraniano Mykhailo Podolyak acusa Moscovo de atingir intencionalmente terminais de cereais e infraestruturas portuárias, para "destruir a possibilidade de exportação dos cereais ucranianos".

A Rússia diz que esta é a sua resposta ao ataque à ponte da Crimeia e que foram destruídos alvos militares.

Não foi apenas Odessa que foi alvo de ataques esta noite. Todo o país foi atacado por drones e mísseis. A força aérea ucraniana diz ter abatido 37 dos 63 drones lançados pela Rússia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataques russos na Ucrânia fazem pelo menos oito mortos

Ucrânia diz ter abatido bombardeiro russo de longo alcance

Pelo menos 13 mortos e 61 feridos em ataque russo à cidade ucraniana de Chernihiv