EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Inundações atingem norte da Europa, incêndios consomem o sul

Ao Santuário de Fátima chegou uma nuvem de fumo de um dos incêndios que lavrava na zona centro de Portugal este sábado
Ao Santuário de Fátima chegou uma nuvem de fumo de um dos incêndios que lavrava na zona centro de Portugal este sábado Direitos de autor AFP/CARLOS COSTA
Direitos de autor AFP/CARLOS COSTA
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os extremos fizeram-se sentir este sábado no continente europeu, com o norte a ser atingido por chuvas fortes e consequentes inundações e o sul a sofrer com o calor e os incêndios.

PUBLICIDADE

Chuva forte e granizo atingiram partes da Sérvia e da Croácia este sábado. Belgrado foi uma das cidades atingidas.

Na Croácia, o rio Sava galgou as margens e é esperado que a situação ainda piore durante a noite.

Dois terços do território da Eslovénia foram afetados por inundações repentinas, no pior desastre natural da história do país. Os prejuízos devem ultrapassar os 500 milhões de euros.

Na Áustria também houve chuva forte este sábado, o que provocou inundações nalgumas zonas. Em algumas localidades, as pessoas tiveram de ser retiradas de barco ou helicóptero.

Já no sul da Europa, o problema são os incêndios. Na Catalunha, bombeiros espanhóis e franceses conseguiram conter um incêndio na costa mediterrânea espanhola, perto da fronteira com França, que consumiu 573 hectares.

Em Portugal, o Santuário de Fátima, que recebeu este sábado a visita do Papa Francisco, ficou coberto por uma nuvem de fumo provocada por um incêndio na fronteira entre os concelhos de Ourém e Leiria.

No distrito de Castelo Branco, mais de mil bombeiros combatiam um incêndio que já tinha queimado seis mil hectares e que obrigou ao corte de três estradas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tufão Gaemi chega a Taiwan e faz pelo menos três mortos e centenas de feridos

Deslizamento de terras na Etiópia mata mais de 200 pessoas

Depois de estragos na Jamaica, Furacão Beryl move-se para o México