EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Incêndios sem precedentes no Havai matam pelo menos 36 pessoas

A histórica igreja Waiola e o templo budista Missão Lahaina Hongwanji em chamas esta terça-feira, em Lahaina, na ilha havaina de Maui.
A histórica igreja Waiola e o templo budista Missão Lahaina Hongwanji em chamas esta terça-feira, em Lahaina, na ilha havaina de Maui. Direitos de autor Matthew Thayer/AP
Direitos de autor Matthew Thayer/AP
De  Verónica Romano com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

"É como um apocalipse", conta um morador de Lahaina, a cidade histórica devastada pelas chamas

PUBLICIDADE

Os incêndios deflagraram na ilha havaiana de Maui, nos Estados Unidos, na noite desta terça-feira. Já fizeram pelo menos 36 mortos e dezenas de feridos.

A cidade histórica de Lahaina está reduzida a cinzas.

"Acabámos de ter o pior desastre que alguma vez vi. Toda a cidade está queimada. É como um apocalipse", assegura Mason Jarvi, residente em Lahaina, que se viu obrigado a fugir para outro local.  

AP/Satellite image ©2023 Maxar Technologies
Imagens de satélite mostram a zona sul de Lahaina a 25 de junho (esquerda) e a 9 de agosto, esta quarta-feira (direita).AP/Satellite image ©2023 Maxar Technologies

O fogo é alimentado pelos ventos fortes do furacão Dora, que passa muito a sul do estado norte-americano. 

Em desespero, os locais atiram-se ao mar para escapar às chamas e ao fumo. A Guarda Costeira de Maui já resgatou 14 pessoas, incluindo duas crianças, do oceano.

"É horrível. Já voo aqui há 52 anos e nunca vi nada que se aproximasse disto", conta Richard Olsten, piloto de helicóptero de uma empresa de turismo. "Ficámos com lágrimas nos olhos, os outros pilotos a bordo, os mecânicos e eu".

Pelo menos 271 estruturas ficaram danificadas ou destruídas, de acordo com as autoridades.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Península Ibérica enfrenta incêndios e onda de calor

Incêndios em Portugal: centenas de bombeiros combatem fogo em Odemira

Incêndios na Sardenha obrigam mais de 600 pessoas a sair de casa