EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Assassínio de várias pessoas gerou consternação e protestos na Bósnia Herzegovina

Um polícia à paisana segura uma arma, na zona onde ocorreram as mortes na pequena cidade de Gradacac, na Bósnia.
Um polícia à paisana segura uma arma, na zona onde ocorreram as mortes na pequena cidade de Gradacac, na Bósnia. Direitos de autor AP/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor AP/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nas maiores cidades da Bósnia-Herzegovina, Sarajevo e Mostar, realizaram-se manifestações de protesto, após o assassínio de várias pessoas ocorrido em Gradačac.

PUBLICIDADE

A Fundação "CURE", que luta contra a violência contra as mulheres, reuniu centenas de ativistas em ambas as cidades em protesto.

Em Gradačac, um homem matou a sua ex-mulher a tiro, enquanto transmitia o ato, em direto, nas redes sociais. Depois foi para as ruas, continuou a disparar e a transmitir, acabou por matar mais duas pessoas e ferir três, incluindo um agente da polícia. No final, o atirador suicidou-se.

De acordo com informações não confirmadas pelos meios de comunicação social, ele conhecia bem todas as suas vítimas, pelo que provavelmente agiu de propósito.

A polícia revelou que o atirador tinha antecedentes criminais, incluindo uma tentativa de homicídio e comportamento agressivo.

As autoridades bósnias estão à procura das pessoas que publicaram comentários de apoio nas redes sociais durante a ação do assassino.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"All eyes on Rafah": milhões de pessoas partilham imagens de IA nas redes sociais após os massacres em acampamento

Dia pan-helénico contra o bullying: a ferida aberta para a sociedade e a nova estratégia

Dona do Facebook em tribunal por danos à saúde dos mais novos