EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Cimeira dos BRICS arranca com objetivo de desafiar domínio ocidental

Da esq. para a dir., presidentes do Brasil, da China e da África do Sul, primeiro-ministro da Índia e ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, esta terça-feira.
Da esq. para a dir., presidentes do Brasil, da China e da África do Sul, primeiro-ministro da Índia e ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, esta terça-feira. Direitos de autor AP/Russian Foreign Ministry Press Service
Direitos de autor AP/Russian Foreign Ministry Press Service
De  Verónica RomanoEuronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Líderes do Brasil, da Rússia, da Índia, da China e da África do Sul discutem possível expansão do grupo esta quarta-feira

PUBLICIDADE

Os líderes do BRICS reuniram-se esta terça-feira em Joanesbrugo, na África do Sul, para uma cimeira de três dias. O Brasil, a Rússia, a Índia, a China e a África do Sul são economias emergentes que procuram desafiar o domínio global do Ocidente.

A ausência de Vladimir Putin não poderia passar despercebida. O presidente russo não pode estar presente devido a um mandado de captura internacional por alegados crimes de guerra na Ucrânia. Caso se deslocasse até à África do Sul, as autoridades do país seriam obrigadas a detê-lo.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Sergey Lavrov, veio então como representante da Rússia. Putin gravou uma mensagem de vídeo no âmbito da cimeira, em que destaca a perda de importância do dólar americano nas trocas comerciais entre as nações do grupo.

No processo objetivo e irreversível de desdolarização dos nossos laços económicos, estão a ser feitos esforços para desenvolver mecanismos eficazes de operações mútuas e de controlo monetário e financeiro. Assim, a quota-parte do dólar nas exportações-importações entre os BRICS está a diminuir.
Vladimir Putin
Presidente da Rússia

Esta quarta-feira decorre a sessão principal da cimeira, na qual os líderes vão discutir um possível alargamento da aliança económica.

Em termos de poder de compra, os países do BRICS já ultrapassam as nações ocidentais do G7 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido).

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Irão, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos entre os países convidados a integrar os BRICS

Putin falha presença na cimeira dos BRICS mas intervém por videochamada

BRICS: Lula defende moeda alternativa ao dólar para os negócios