Espanha reclama crime de guerra na Ucrânia

Cidadã espanhola Emma Igual
Cidadã espanhola Emma Igual Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Patricia Tavares
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O apelo foi feito ao Tribunal Penal Internacional.

PUBLICIDADE

Espanha pede a investigação da morte de uma trabalhadora humanitária na Ucrânia, como possível crime de guerra. O apelo foi feito ao Tribunal Penal Internacional.

A cidadã espanhola Emma Igual e o canadiano Anthony Ihnat morreram na semana passada num ataque russo, segundo as autoridades.

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, adiantou que o veículo onde seguiam foi atingido por um míssil russo, quando faziam uma entrega de ajuda humanitária perto de Bakhmut.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kiev fortalece posição para recuperar Bakhmut

Biden promete que pacote de ajuda militar e financeira à Ucrânia chegará "rapidamente"

Ataques russos na Ucrânia fazem pelo menos oito mortos