EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

A popularidade das Artes Marciais Mistas no Qatar

A popularidade das Artes Marciais Mistas no Qatar
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Ultimate Fighting Championship, mais conhecido por UFC, abriu dois novos ginásios no Qatar.

PUBLICIDADE

Embora o termo "desporto de combate" possa parecer agressivo, os lutadores consideram que a beleza desta prática reside na arte da autodefesa.

"A base de todas as artes marciais é proteger-se, defender-se. É o que mostramos em todas as aulas de grupo. Por exemplo, certas aulas são baseadas no grappling, como o jiu-jitsu brasileiro, a luta livre. Outras aulas baseiam-se mais em dar golpes, como o boxe, o muay thai", contou Tatie Passos, treinador do UFC Gym Qatar.

"Sempre gostei dos desportos de contacto. E adoro o facto de podermos treinar todo o corpo enquanto praticamos o desporto. Além disso, quando estou a treinar, sinto que há uma verdadeira camaradagem”, frisou Chris Bothwell, Membro, UFC Gym Qatar, residente no Qatar há 13 anos.

As artes marciais: um desporto e um modo de vida

Os participantes têm idades e capacidades diversas mas todos partilham o amor pelas artes marciais mistas.

"Sou um grande fã. Tenho muito respeito por eles. Comecei a praticar jiu-jitsu e MMA. É um desporto completamente diferente daquele que pratiquei quando era jovem, o basquetebol. No fundo, estou apenas a aprender novas competências, a receber novamente instruções de um treinador, cometer erros e tentar melhorar", disse à euronews Saeed Kosar, diretor do UFC Gym Qatar, residente no Qatar há duas décadas.

A euronews falou com Donn Davis, diretor da Professional Fighters League, sobre a expansão da PFL no Qatar.

"Francis Ngannou, lutador número um do mundo, deixou o UFC para se juntar à PFL. Jake Paul, influenciador superconhecido veio para a PFL. Por que é que estes dois lutadores de topo se juntaram a nós? Porque é primeira liga de lutadores. Os lutadores possuem o controlo. Temporada regular, playoff e campeonato. Na PFL, a pessoa ganha e avança. Perde-se e vai-se para casa. Não é como no UFC ou em qualquer outro desporto de combate. O promotor não decide nada na PFL. É o atleta que decide", disse à euronews Donn Davis.

Mais do que um desporto, as artes marciais são vistas como um modo de vida.

"As artes marciais ensinam-nos muitas lições de vida. Aprendemos a ser mais humildes, aprendemos a disciplina, o respeito. Todas estas lições são aprendidas no tapete, durante as aulas", frisou Tatie Passos.

O segredo do sucesso de Islam Makhachev

Considerado como um dos melhores lutadores do planeta, Islam Makhachev esteve em Doha para a inauguração de dois ginásios do UFC. 

"Não sei porque toda a gente adora o MMA. Toda a gente gosta de lutar. É uma luta a sério. Não usamos luvas grandes, usamos, talvez, luvas pequenas, calções, e vamos para a jaula, face ao adversário", disse  Islam Makhachev

Para o campeão dos pesos leves do UFC, o trabalho árduo e a concentração são os ingredientes essenciais para vingar nos desportos de combate.

"Muita gente quer ser campeã, mas pouca gente quer acordar de manhã cedo e treinar duro. Em qualquer desporto, é preciso estar concentrado, treinar todos os dias", frisou Islam Makhachev.

Uma arte marcial milenar vinda da Coreia

Originário da Coreia, o taekwondo, que significa literalmente "arte de dar pontapés e socos", tornou-se num desporto popular a nível internacional. 

"É o controlo da mente. Tem a ver com o significado de Taekwondo. "Tae" significa pés, "kwon" significa punhos e "do" significa mental. Taekwondo significa combinar treino físico e mental", explicou Sungjin Kim, e Mestre de Taekwondo, no Qatar.

clique no vídeo para ver a reportagem completa.

Partilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Cozinha do Qatar: Receitas tradicionais enriquecidas com ingredientes de fora