EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Condenação à ofensiva israelita na rua

Manifestação pró-palestinianos em Paris, apesar da proibição
Manifestação pró-palestinianos em Paris, apesar da proibição Direitos de autor Thomas Padilla/AP
Direitos de autor Thomas Padilla/AP
De  Teresa Bizarro
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Milhares de pessoas voltaram esta tarde a manifestar-se em defesa do povo palestiniano e pelo fim da ofensiva israelita em várias cidades europeias

PUBLICIDADE

Milhares de pessoas regressaram às ruas de Londres para pedir o fim da ofensiva militar israelita em Gaza. Uma manifestação de apoio ao povo palestiniano, em claro contraste com a posição do governo britânico que ainda esta sexta-feira se absteve absteve-se na votação da Assembleia Geral da ONU que apelava a um cessar-fogo na Faixa de Gaza.

Milhares desfilaram pelo centro ca capital britânica
Milhares desfilaram pelo centro ca capital britânicaJordan Pettitt/AP

Em Paris, apoiantes dos palestinianos saíram à rua apesar da proibição.

O tribunal administrativo francês confirmou decisão da câmara invocando "o grave risco de desordem pública".

Uma decisão que não travou os milhares de manifestantes que, à hora prevista saíram da Place du Châtelet rumo à Place de la République.

PAris é caso de excepção em França. Foram autorizadas manifestações de apoio ao povo palestiniano em Orleans e Montpellier.

Um manifestante é detido durante a manifestação de solidariedade com o povo palestiniano no sábado, 28 de outubro de 2023, em Paris.
Um manifestante é detido durante a manifestação de solidariedade com o povo palestiniano no sábado, 28 de outubro de 2023, em Paris.Thomas Padilla/AP

Em Roma, segundo protestop pró-palestiniano em 24 horas.

Milhares de pessoas contestam a abstenção de Itália nas Nações Unidas e pedem paz em Gaza.

Aos cartazes que pedem liberdade para a Palestina e o fim do genocídio em Gaza, junta-se agora outros que acusam Isrtael de ser um estado criminoso.

Fim à ocupação, lê-se num enorme faixa em Roma
Fim à ocupação, lê-se num enorme faixa em RomaAndrew Medichini/AP

As manifestações ocorrem num momento em que os relatos do terreno dão conta de uma intensa ofensiva terrestre israelita apoiada por fortes bombardeamentos em GAza.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Manifestações pela libertação do reféns em Genebra e contra Israel em várias capitais europeias

Benjamin Netanyahu discursa no Congresso dos EUA no âmbito das negociações de cessar-fogo

Ataque israelita ao campo de refugiados de Nuseirat faz dezenas de mortos