Turismo aumenta em Itália apesar da inflação e da incerteza diante das guerras

Italianos e turistas encheram as ruas de Roma
Italianos e turistas encheram as ruas de Roma Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Apesar do aumento do custo de vida e das preocupações com as guerras, italianos não deixam de comprar presentes de Natal e de aproveitar as férias, com o turismo a registar um aumento de 15% no país.

PUBLICIDADE

Não foi um ano fácil para muitos italianos. De acordo com uma sondagem recente, cerca de metade da população está seriamente preocupada com as consequências da guerra entre Israel e o Hamas. Além disso, os italianos, como a maioria dos europeus, tiveram de lidar com os efeitos da inflação na economia.

Num passeio pelas ruas de Roma, são muitos os que partilham destas preocupações.

"Em primeiro lugar, espero que ambos os conflitos [Gaza e Ucrânia] terminem. Embora o Natal seja para ser feliz, não devemos esquecer aqueles que têm dificuldades financeiras e não conseguem fazer face às despesas ao fim do mês", refere uma italiana.

Mais à frente, diz também um italiano: "Foi um ano difícil em todas as frentes. Estamos preocupados com estas guerras e com o bem-estar do país. Eu diria que toda a situação nos custou caro, mas não devemos perder a esperança. Que este novo ano traga mais paz ao mundo."

No entanto, a incerteza sobre o que trará o novo ano, sobretudo quanto à situação política do país, não impediu os italianos de fazerem as habituais compras de Natal.

Além disso, os italianos também não estão dispostos a renunciar às suas férias, especialmente durante o período festivo. De facto, de acordo com os últimos dados disponíveis, as reservas de turismo entre o final de 2023 e o início de 2024 aumentaram quase 15% em relação ao ano anterior.

As ruas da capital italiana estão cheias, tanto de residentes, que aproveitam para comprar presentes de última hora, como de turistas, como é habitual nesta época do ano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Retoma do turismo debate-se com apelos à sustentabilidade

Veneza vai limitar dimensão de grupos de turistas a partir de junho

Calou-se a música nos mercados de Natal alemães