Jacques Delors, o arquiteto da União Europeia moderna

Jacques Delors com Margaret Thatcher
Jacques Delors com Margaret Thatcher Direitos de autor AP/Copyright 2020 The AP. All rights reserved.
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Foi presidente da Comissão Europeia durante uma década. Aprovou o Ato Único Europeu, que levou à criação do Mercado Único Europeu. Outras realização foi o o lançamento da União Económica e Monetária que originou a moeda única.

PUBLICIDADE

Jacques Delors nasceu em Paris em 1925 no seio de uma família humilde. 

Começou a carreira no Banco de França em 1945, depois de estudar Economia na Sorbonne.

Envolvido na política e no sindicalismo desde tenra idade, ingressou na Confederação Francesa de Trabalhadores Cristãos (CFTC) em 1944.

Em 1979, quando tinha 54 anos, Delors foi eleito Deputado do Parlamento Europeu. Presidiu à Comissão dos Assuntos Económicos e Monetários até 1981, altura em que foi nomeado ministro da Economia, Finanças e Orçamento do governo de Pierre Mauroy.

Dois anos depois foi eleito presidente da Câmara de Clichy.

O pai fundador do mercado único da UE

Foi nomeado presidente da Comissão Europeia em janeiro de 1985, cargo que ocupou durante uma década.

Aprovou o Ato Único Europeu, que levou à criação do Mercado Único Europeu. Outra realização foi o o lançamento da União Económica e Monetária que originou a moeda única.

A União Económica e Monetária tornou-se o eixo central do Tratado de Maastricht, a maior mudança desde o início do bloco. O Tratado em que Delors trabalhou arduamente, entrou em vigor a 1 de novembro de 1993, dois anos antes do termo do seu mandato.

Tentou regressar à política francesa, mas acabou por retirar a sua candidatura às eleições de 1995. Não tinha apoio suficiente e não queria interferir na carreira da filha, a política socialista Martine Aubry. 

A mulher de Jacques Delors morreu em 2020.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Euro proporciona soberania e estabilidade" diz UE no aniversário de 25 anos da moeda única

Alessandra Mussolini foi insultada e agredida em Estrasburgo

França: governo cede aos agricultores e adia plano para eliminar uso de pesticidas