Israel começa a retirar tropas do norte de Gaza

Soldados israelitas da unidade de artilharia armazenam mísseis junto à fronteira com Gaza no sul de Israel
Soldados israelitas da unidade de artilharia armazenam mísseis junto à fronteira com Gaza no sul de Israel Direitos de autor Leo Correa/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Milhares de militares israelitas começaram a abandonar a Faixa de Gaza, sobretudo na metade norte, onde Israel acredita estar prestes a assumir o controlo operacional do território.

PUBLICIDADE

Milhares de militares israelitas estão a ser retirados da Faixa de Gaza, na primeira redução significativa de tropas desde o início da guerra.

A retirada de brigadas sinaliza o abrandamento dos combates em algumas áreas de Gaza, particularmente na metade norte, onde o exército israelita acredita estar perto de assumir o controlo operacional.

Israel tem estado sob pressão de seu principal aliado, os Estados Unidos, que tem pressionado para combates de menor intensidade.

O exército israelita realizou mais ataques terrestres e aéreos em várias partes de Gaza, nos quais diz ter matado um comandante da força Nukhba do Hamas, a força de elite que planeou e liderou os ataques a Israel em 7 de outubro.

De acordo com o último balanço, o número de palestinianos mortos em Gaza é de cerca de 22 mil.

A população na Faixa de Gaza continua a enfrentar a escassez de comida, água potável, medicamentos e combustível devido ao cerco rígido de Israel, que desde a eclosão do conflito só permitiu o acesso à ajuda humanitária de forma lenta e tardia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guerra em Gaza vai durar "muitos meses", garante Netanyahu

Hamas sob pressão dos EUA para aceitar acordo de cessar-fogo

Israel aceita proposta de cessar-fogo e aguarda resposta do Hamas