Mortes de migrantes no Canal da Mancha levantam questões em Londres e Paris

Mortes de migrantes no Canal da Mancha questiona Londres e Paris
Mortes de migrantes no Canal da Mancha questiona Londres e Paris Direitos de autor Michel Spingler/Copyright 2021 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os cinco migrantes mortos foram descobertos ao largo da costa de França quando tentavam chegar à costa do Reino Unido.

PUBLICIDADE

A morte de cinco migrantes nas águas do Canal da Mancha, na madrugada de 13 para 14 de janeiro, voltou a levantar questões sobre a forma como as autoridades francesas e britânicas estão a lidar com a crise migratória.

Os migrantes terão morrido perto de uma praia em Wimereux (Pas-de-Calais), no norte de França, quando tentavam alcançar um barco a nado no Canal da Mancha. Segundo a Associated Press, trinta e duas pessoas foram resgatadas pela polícia marítima.

O presidente da câmara de Le Portel, Olivier Barbarin, lamentou as mortes e referiu que Londres e Paris “têm de encontrar soluções”.

"Nós, presidentes de câmara, estamos perturbados. Estamos aqui para acompanhar, para trazer roupa, para trazer esta solidariedade comunitária e nacional, mas, além disso, estamos completamente impotentes. Vamos ter de encontrar soluções entre França e Inglaterra", afirmou Barbarin.

O Ministério Público de Boulogne-sur-Mer disse que o barco foi lançado ao largo com 12 a 15 pessoas a bordo. Outras estavam prestes a embarcar quando o barco se virou devido à ondulação e à subida da maré. Um barco francês conseguiu salvar 32 pessoas.

Numa entrevista concedida no passado domingo às emissoras de televisão norte-americanas, o Papa Francisco apelou a que aos migrantes, muitas vezes tratados como objetos, que não se deparem com portas fechadas, sublinhando a necessidade de serem ajudados nos países que necessitam de mão de obra.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Seis mortos após naufrágio de barco no Canal da Mancha

2022 com novo recorde de migrantes no Canal da Mancha

Barco com migrantes afunda no canal da Mancha