EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

11 mil pessoas retiradas de cidade russa devido a risco de inundações

Serviço de Imprensa do Ministério de Emergência da Rússia
Serviço de Imprensa do Ministério de Emergência da Rússia Direitos de autor AP/Russian Emergency Ministry Press Service
Direitos de autor AP/Russian Emergency Ministry Press Service
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
Artigo publicado originalmente em inglês

Cerca de 11 000 pessoas tiveram de ser retiradas após a rutura de uma barragem na cidade russa de Orsk, com 190.000 habitantes, na fronteira com o Cazaquistão.

PUBLICIDADE

As comunidades ribeirinhas dos montes Urais, na Rússia, foram obrigadas a abandonar a região depois da subida das águas ter inundado aldeias inteiras e, por fim, ter provocado a rutura de uma barragem na cidade de Orsk, com cerca de 190 mil habitantes. A cidade fica perto da fronteira com o Cazaquistão.

De acordo com as autoridades locais, mais de 4.000 edifícios estão em risco. As sirenes soaram, a polícia e os bombeiros foram de casa em casa para avisar cerca de 11 000 cidadãos da necessidade de abandonarem imediatamente a cidade.

Nos últimos dias, várias províncias da região têm sofrido inundações.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milhares de casas inundadas no Cazaquistão

Rússia e Cazaquistão vivem "piores cheias em décadas"

Das inundações aos incêndios: Como verificar se uma casa é resistente ao clima