EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Secretário de Estado dos EUA garante à Moldova apoio de Washington

O Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, e o Presidente da Moldávia, Maia Sandu.
O Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, e o Presidente da Moldávia, Maia Sandu. Direitos de autor Vadim Ghirda/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Vadim Ghirda/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
De  Euronews com AP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
Artigo publicado originalmente em francês

Após a sua visita a Chisinau, Antony Blinken deverá participar numa reunião dos Ministros dos Negócios Estrangeiros da NATO em Praga.

PUBLICIDADE

O Secretário de Estado norte-americano garantiu à Moldova o apoio de Washington durante a sua reunião com a presidente moldava Maia Sandu em Chisinau.

Antony Blinken assegurou que os Estados Unidos consideram a Moldova um "parceiro muito valioso na região" e que estão empenhados em trabalhar em conjunto a longo prazo para construir "uma democracia resiliente" e apoiar "um crescimento económico inclusivo".

"Temos de continuar a diversificar o vosso abastecimento energético para que não tenham de depender de uma única fonte", acrescentou o Secretário de Estado norte-americano.

Blinken apelou ainda a que se garanta que "o povo moldavo é fundamentalmente quem decide o seu próprio futuro e o seu próprio rumo".

A Moldova teme particularmente as ações de desestabilização orquestradas pela Rússia.

Suspeita-se que Moscovo esteja por detrás de novos movimentos antiocidentais na Geórgia.

Esta visita ocorre apenas duas semanas após a deslocação de Blinken à Ucrânia para garantir a Kiev o apoio de Washington face à intensificação dos ataques russos no norte do país.

Antony Blinken deverá participar na quinta e sexta-feira numa reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da NATO em Praga.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estado da União: TPI, Ucrânia e Moldova pressionam diplomacia europeia

Governo moldavo chama embaixador russo por causa de urnas na Transnístria

Separatistas da Transnístria pedem a Moscovo "proteção" contra a pressão da Moldova