Greve da Ryanair afeta milhares de passageiros

Greve da Ryanair afeta milhares de passageiros
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Alemanha, Suécia, Irlanda, Bélgica e Holanda são os países mais afetados

PUBLICIDADE

Os pilotos da companhia aérea de baixo custo, Ryanair, entraram em greve em cinco países europeus.

A greve forçou ao cancelamento de um sexto dos voos da transportadora aérea.

Os países afetados pela greve de 24 horas são a Alemanha, Suécia, Irlanda, Bélgica e a Holanda, num total de cerca de 50 mil passageiros e 400 voos.

A Ryanair defende-se dizendo que fez tudo ao seu alcance para evitar a greve.

No centro do conflito estão os salários e as condições de trabalho.

Os sindicatos querem que os contratos de trabalho dos funcionários sejam regulados por legislação dos países em que se encontram sedeados e não por legislação irlandesa.

Em julho, cerca de 300 voos foram cancelados na Bélgica, Portugal e Espanha devido à greve dos tripulantes de bordo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ryanair sem alternativas de voo para milhares de passageiros

Ryanair garante 85% dos voos apesar da greve

Zelenskyy em Davos: Putin é um "predador" e não se contenta com conflitos "congelados"