This content is not available in your region

A Beleza ao longo da História

euronews_icons_loading
A Beleza ao longo da História
Direitos de autor  from video
De  Euronews

Os vários aspectos de “Kallos”, a palavra da Grécia Antiga para beleza, são o ponto de partida para a exposição arqueológica que inaugura esta quarta-feira no Museu de Arte Cicládica de Atenas.

A exposição reúne 320 antiguidades de 52 Museus da Grécia, Itália e Vaticano.

Sandra Marinopoulou, a presidente do Museu de Arte Cicládica, explica que a exposição começa com o conceito de embelezamento, que sempre existiu, e continua com o significado da beleza depois do século V aC. “Foi aí que os filósofos alargaram o significado da palavra: deixou de se referir apenas à beleza do corpo e do rosto e passou a significar também a beleza da alma ou uma pessoa virtuosa”, sublinha.

A exposição destaca a contribuição da Grécia Antiga para a definição do significado de "Beleza" através da história. Está dividida em duas secções principais, Embelezamento e Beleza, que se subdividem em temas como : a beleza arcaica e clássica, das entidades e deuses divinos, dos mortais, a beleza atlética, a heróica, e mesmo a beleza demoníaca.

Nikolaos Stampolidis, o curador da exposição, diz que “por muito que se "vistam" com palavras, as obras-primas desta mostra permanecem nuas, essencialmente à espera do olhar de cada espetador para as vestir com os seus próprios significados e sentimentos”

"Kallos. A Beleza Suprema" fica exposta no Museu de Arte Cicládica até 16 de Janeiro de 2022.