EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Morreu o realizador William Friedkin

Friedkin com o Leão de Ouro, em Veneza
Friedkin com o Leão de Ouro, em Veneza Direitos de autor Andrew Medichini/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Andrew Medichini/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Friedkin dirigiu uma das obras mais marcantes do terror, "O Exorcista" (1973)

PUBLICIDADE

O realizador americano William Friedkin, vencedor de um Óscar por "French Connection" (1971) e mestre do terror com "O Exorcista" (1973), morreu esta segunda-feira em Los Angeles, aos 87 anos.

Friedkin é uma figura da nova geração de Hollywood que se libertou dos códigos mais clássicos, ao lado de Francis Ford Coppola e Martin Scorsese.

Cinéfilo eminente, conhecedor do cinema francês, mas também um grande amante da pintura e da música, experimentou todos os géneros da Sétima Arte,  mas nem sempre encontrou sucesso nas salas de cinema.

Muitas figuras do cinema saudaram a influência da sua obra. "O cinema perdeu um verdadeiro mestre e eu perdi uma pessoa querida e leal, um verdadeiro amigo", declarou o realizador Guillermo del Toro nas redes sociais, louvando a obra de "um dos deuses do cinema".

William Friedkin é "um dos cineastas mais impactantes de todos os tempos", afirmou Eli Roth, ator e realizador de filmes de terror, escrevendo que o cineasta tinha mudado o curso da sua vida.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O que está por trás dos memes virais de Kamala Harris?

Jogos Olímpicos de Paris: Emmanuel Macron confirmou Céline Dion na cerimónia de abertura?

Coliseu de Roma passa a oferecer visitas noturnas para os turistas evitarem as horas de maior calor