A casa que Freddie Mercury comprou em Londres em 1980 está à venda

Casa de Freddie Mercury em Londres
Casa de Freddie Mercury em Londres Direitos de autor Barney Hindle/AP
Direitos de autor Barney Hindle/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A propriedade já recebeu ofertas superiores a 30 milhões de libras, cerca de 35 milhões de euros.

PUBLICIDADE

A casa de Freddie Mercury em Londres está à venda pela primeira vez desde 1980, ano em que foi comprada pelo cantor.

Garden Lodge, como é conhecida a mansão de tijolo no abastado bairro de Kensington, na capital britânica, é o local onde o ex-vocalista dos Queen viveu a última década da sua vida.

Colocada no mercado pela Knight Frank desde o final do mês passado, a propriedade já recebeu ofertas superiores a 30 milhões de libras (35 milhões de euros).

Mercury terá pagado a casa em dinheiro, que estava na altura avaliada em mais de 500.000 libras (585.000 euros), segundo "Mercury: Uma Biografia Íntima de Freddie Mercury".

"Vi a casa, apaixonei-me por ela e, em meia hora, era minha", disse o artista à época, de acordo com a biografia.

Mercury fez extensas renovações na moradia e apetrechou-a com obras de arte, incluindo peças de Picasso, Dalí e Matisse.

"Gosto de estar rodeado de coisas esplêndidas. Quero levar uma vida vitoriana, rodeada de coisas requintadas.", afirmou.

Freddie Mercury morreu em 1991, aos 45 anos, tendo deixado a vivenda de oito quartos e todos os seus bens à ex-namorada, Mary Austin, que lá vivia.

No último ano, Austin ganhou milhões com a venda da coleção de fatos de palco do cantor, bem como as suas obras de arte, letras de canções e até o piano que Mercury usou para compor a maioria das suas músicas. 

"Esta casa tem sido a mais gloriosa caixa de recordações, porque tem tanto amor e calor em todas as divisões", disse Austin, em comunicado.

"Foi uma alegria viver nela e tenho muitas recordações maravilhosas.Agora que está vazia, sinto-me transportada de volta à primeira vez que a vimos.".

"Desde que o Freddie e eu entrámos pelo lendário portão verde, tem sido um lugar de paz, a casa de um verdadeiro artista, e agora é altura de confiar essa sensação de paz a outra pessoa.", acrescentou.

Entrada da casa de Freddie Mercury em Londres
Entrada da casa de Freddie Mercury em LondresBarney Hindle/AP
Sala de jantar da casa de Freddie Mercury em Londres
Sala de jantar da casa de Freddie Mercury em LondresKnight Frank/AP

O famoso portão de acesso ao jardim, inscrito com graffiti e com notas de amor dos fãs, foi um dos 59 bens mais valiosos de Mercury, vendido por 12,2 milhões de libras (14,2 milhões de euros) em setembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pedaços da vida de Freddie Mercury vendidos em leilão, piano parte por quase dois milhões de euros

Exposição de objetos pessoais de Freddie Mercury em Londres

Objectos de Freddy Mercury vão a leilão