Um elétrico chamado jardim: Antuérpia incentiva residentes a cultivarem espaços verdes

O elétrico foi transformado num exuberante jardim móvel por um dia, com plantas em todos os espaços disponíveis.
O elétrico foi transformado num exuberante jardim móvel por um dia, com plantas em todos os espaços disponíveis. Direitos de autor District Antwerpen
Direitos de autor District Antwerpen
De  Rebecca Ann Hughes
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Um elétrico cheio de plantas verdes, em Antuérpia, fez parte de uma iniciativa da autarquia local chamada Bairro em Flor.

PUBLICIDADE

Se apanhou um elétrico na cidade belga de Antuérpia, na semana passada, talvez se tenha deparado com um paraíso verdejante surpreendente.

O carro elétrico, que funcionava na linha 1, foi transformado num exuberante jardim móvel por um dia, com plantas colocadas em todos os espaços disponíveis.

Entre os assentos, nos painéis que separam as janelas e até mesmo no telhado, brotaram decorações frondosas.

Foi uma alegria, mas também foi parte de uma campanha para tornar os cidadãos mais ecológicos e incentivar os moradores a praticarem jardinagem urbana.

Por que é que Antuérpia transformou um elétrico num jardim móvel?

O objetivo do elétrico verde de Antuérpia é criar nos moradores vontade de se envolverem na jardinagem, para transformar a cidade  num lugar mais verde e saudável para viver.

District Antwerpen
O elétrico verde em Antuérpia foi parte de uma iniciativa da autarquia chamada Bairro em FlorDistrict Antwerpen

Ao transformar a carruagem, de 35 metros de comprimento, em jardim em movimento, a autarquia espera inspirar outros a pensar criativamente sobre espaços em que poderiam usar algum verde.

Os residentes de Antuérpia podem solicitar jardins de fachada gratuitos

Como parte da iniciativa, o conselho de Antuérpia está a oferecer, gratuitamente, a instalação de "jardins de fachada" aos moradores que solicitarem.  

Aqueles que vivem na área central da cidade podem solicitar plantas, guirlandas para pendurar nas suas casas, em ruas e árvores do conselho. 

O conselho também oferecerá assistência financeira para aqueles que desejam comprar um barril de coleta de água da chuva para regar os seus jardins.

Este programa está a ser reptido na cidade pela segunda vez,  após um grande sucesso no ano passado, quando os moradores de Antuérpia foram inspirados a criar mais de 200 jardins de fachada, 170 áreas de árvores e 100 de guirlandas.

Na instalação dos jardins, o conselho distrital é responsável por levantar telhas e pavimento, colocar solo e plantar; enquanto os moradores se responsabilizam por manter os arbustos e vegetação.

Quais são os benefícios dos jardins urbanos?

Adicionar mais vegetação às configurações urbanas não é apenas esteticamente agradável. Plantas e árvores ajudam a diminuir as temperaturas nas cidades e mitigar o chamado efeito de "ilha de calor urbano" - onde as áreas urbanas são significativamente mais quentes do que as áreas rurais circundantes como resultado das atividades humanas.

Os espaços verdes também diminuem a poluição e ajudam a tornar o ar mais limpo. Um pequeno espaço verde atrai pássaros, esquilos e muitos insetos. Além disso, mesmo cinco minutos de pottering  num jardim urbano aumenta o bom humor e melhora o bem-estar mental.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Onde ficam as estações de comboio mais bonitas da Europa?

Muito espaço para andar a pé e de bicicleta": Estocolmo espera transformar o centro com proibição de circulação automóvel

Há dois países Europeus alimentados a 100% por energias renováveis