EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

UE aperta cerco para reforçar proteção de dados pessoais

UE aperta cerco para reforçar proteção de dados pessoais
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O pacote de regras de proteção de dados pessoais na União Europeia prevê multas pesadas de até 4% sobre os lucros de grandes empresas em caso de

PUBLICIDADE

O pacote de regras de proteção de dados pessoais na União Europeia prevê multas pesadas de até 4% sobre os lucros de grandes empresas em caso de violação da privacidade de utilizadores do bloco comunitário.

O Parlamento Europeu e negociadores do Conselho da UE alcançaram um princípio de acordo em relação à proposta da Comissão sobre esta matéria.

O eurodeputado alemão Jan-Philipp Albrecht (Verdes), relator do Parlamento Europeu sobre a regulamentação da proteção de dados, refere que no futuro os consumidores poderão contestar os direitos em toda a Europa: “Pode confiar-se que estes direitos estão verdadeiramente assegurados em toda a parte, com sanções pesadas. Não existem países com maior ou com menor proteção. Em todo o lado existem os mesmos direitos. Haverá direitos adicionais como melhor informação e direitos de transparência.”

Um ponto do acordo refere que os Estados-membros poderão fixar livremente a idade, entre os 13 e os 16 anos, para o acesso de menores sem autorização dos encarregados de educação a redes sociais ou a contas do Gmail.

O acordo deverá ser formalizado brevemente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Competição vergonhosa". Erdogan acusa Festival da Eurovisão de ameaçar a família tradicional

Putin diz que sector da energia russa está a crescer mas a Gazprom teve prejuízos pela primeira vez em 25 anos

Eleitores da minoria russa na Estónia prontos a votar nas próximas eleições europeias