EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

"Estado da União": o apoio a Macron e as críticas a Orbán

"Estado da União": o apoio a Macron e as críticas a Orbán
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um suspiro de alívio ouviu-se em Bruxelas no final da primeira volta das eleições presidenciais francesas e este tema domina o “Estado da União”, programa que passa em revista a atualidade europeia…

PUBLICIDADE

Um suspiro de alívio ouviu-se em Bruxelas no final da primeira volta das eleições presidenciais francesas e este tema domina o “Estado da União”, programa que passa em revista a atualidade europeia semanal.

A “bolha europeia” temia um futuro confronto Mélenchon/Le Pen mas, no final, o pró-europeu Emmanuel Macron liderou e recebeu o apoio de líderes europeus, tais como o presidente da Comissão Europeia, via um tweet do seu porta-voz.

A França está dividida, explicou Jean Quatremer, autor do blogue Bastidores de Bruxelas, numa entrevista a Frédéric Bouchard, diretor da delegação da euronews em Bruxelas.

Outro tema em destaque é o facto da Comissão Europeia ter perdido a paciência para com o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán.

Face ao questionário intitulado “Parar Bruxelas”, enviado a todos os domicílios na Hungria, a Comissão Europeia respondeu, ponto por ponto, a cada pergunta. Um processo de infração por causa da nova Lei do Ensino Superior também foi aberto.

No programa damos nota alta a Gina Miller, famosa há alguns meses por ter obtido apoio judicial para que o Parlamento britânico tenha uma palavra a dizer sobre o Brexit.

Miller retomou a campanha pró-europeia com a plataforma “O Melhor para o Reino Unido”, tendo em vista as eleições legislativas de 8 de junho.

A nota baixa vai para os 17 eurodeputados da Frente Nacional, incluindo a candidata da extrema-direita às eleições presidenciais francesas, Marine Le Pen.

Os eurodeputados estão sob investigação do Parlamento Europeu por alegados empregos fictícios que podem ter causado prejuízos de quase cinco milhões de euros.

A agenda da próxima semana será dominada pelas eleições presidenciais francesas: os dois candidatos, Macron e Le Pen, vão enfrentar-se num debate a 3 de maio, antes da segunda volta, a 7 de maio.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

“Estado da União”: Proteger a natureza e controlar gigantes digitais

"Estado da União": Economia de guerra e ajuda humanitária

"Estado da União": Defesa da democracia e ajuda para Gaza