EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

"Breves de Bruxelas": Visita de PM chinês, Soros critica Orbán

"Breves de Bruxelas": Visita de PM chinês, Soros critica Orbán
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O primeiro-ministro chinês disse que combater as alterações climáticas é um “consenso global” e uma “responsabilidade internacional”.

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro chinês disse que combater as alterações climáticas é um “consenso global” e uma “responsabilidade internacional”.

Uma posição que está em linha com a União Europeia, mas bastante oposta à política de Donald Trump “A América primeiro”.

Li Keqiang fez a declaração em Berlim, ao lado da chanceler alemã Angela Merkel, antes de chegar a Bruxelas para a cimeira União Europeia-China, na sexta-feira.

Outro assunto importante é o comércio, mas as negociações sobre um acordo de investimento, que começaram em 2013, ainda estão longe de chegar a um consenso, de acordo com Xinning Song, professor especialista em relações UE-China.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária destacamos, também, as propostas para maior “coesão, integração e prosperidade” na União Europeia discutidas, quinta-feira, no Fórum Económico de Bruxelas.

Decisores políticos, sociedade civil e líderes empresariais apresentaram as suas visões sobre o futuro do bloco. O multimilionário George Soros foi um dos críticos mais severos da Hungria e da Polónia, países que diz estarem a afastar-se dos valores europeus.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Orbán quer "pelo menos 500 milhões" para as cercas de proteção fronteiriça

'Les Bleus' unem uma França dividida perante as próximas eleições

Roberto Baggio assaltado em casa enquanto assistia ao jogo Itália-Espanha