Brexit: Robin Walker recusa jurisdição do Tribunal de Justiça da UE

Brexit: Robin Walker recusa jurisdição do Tribunal de Justiça da UE
De  Isabel Marques da Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A grande batalha na próxima ronda de negociações do Brexit vai ser o papel do Tribunal de Justiça da União Europeia na proteção dos direitos dos cidadãos europeus a viver no Reino Unido. "Não há nenhu

PUBLICIDADE

A grande batalha nas negociações do Brexit, ao longo das rondas de negociação no verão, vai ser o papel do Tribunal de Justiça da União Europeia.

Bruxelas quer que supervisione o cumprimento dos direitos dos cidadãos europeus, o que é recusado pelo governo de Londres.

“Não há nenhum país terceiro no mundo que esteja sob a jurisdição desse tribunal”, disse Robin Walker, subsecretário de Estado britânico para o Brexit, à euronews .

“Mas sejamos claros, os cidadãos europeus terão igualdade de tratamento nos termos da lei britânica. E a lei comunitária vai aplicar-se aos britânicos que vivem na União. Existirá a garantia dada pelo direito internacional no caso de chegarmos a um acordo sobre a saída da União”, acrescentou o governante.

“É do interesse de ambas as partes que existam estas garantias e esta proteção. Penso que é justo dizer que os tribunais do Reino Unido têm uma reputação internacional muito forte”, concluiu Robin Walker.

#Brexit | Read our position paper on essential principles on citizens’ rights: https://t.co/ORPKxd9z6g#Article50pic.twitter.com/0tlWYWCTlj

— European Commission (@EU_Commission) June 26, 2017

Mas para a Comissão Europeia é fundamental que os cidadãos europeus no Reino Unido mantenham o grau de proteção de que gozam atualmente, podendo recorrer à justiça comunitária.

“Cada linha, cada vírgula é importante e tem de ser analisada. A comissão está a analisar esta proposta dessa forma porque estamos a a falar das vidas de mais de três milhões de cidadãos da União”, afirmou Margaritis Schinas, porta-voz da Comissão Europeia.

No que toca aos portugueses, estima-se que haja mais de meio milhão a viver no Reino Unido, mas apenas cerca de 230 mil estão registados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Von der Leyen não quer trabalhar com "amigos de Putin" no Parlamento Europeu

Famílias pedem ajuda da UE para libertar reféns face iminente operação em Rafah

UE chegou a acordo sobre 13.º pacote de sanções contra a Rússia