EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

UE sanciona autores de ataques informáticos

UE sanciona autores de ataques informáticos
Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A União Europeia congelou os bens de seis cidadãos e três empresas envolvidas em ataques informáticos

PUBLICIDADE

Pela primeira vez, a União Europeia invocou poderes à sua disposição a fim de sancionar pessoas e organizações suspeitas de cometerem ataques informáticos através do congelamento de bens.

Seis pessoas e três entidades serão assim sancionadas devido a vários ataques proeminentes.

Entre os ataques conta-se uam ofensiva ocorrida em 2018 contra a Organização para a Proibição de Armas Químicas com sede em Haia nos Países Baixos.

A decisão de usar todos os novos poderes da União Europeia acordados em maio de 2019 foi elogiada pelo chefe da diplomacia holandesa nas redes sociais.

Da lista inicial de visados constam entidades e cidadãos russos, chineses e norte-coreanos.

Outros ataques na mira das autoridades são o 'WannaCry', 'NotPetya', e a 'Operation Cloud Hopper'.

Nome do jornalista • Jack Parrock

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alemanha suspeita de ligação da Rússia a ciberataque ao parlamento

Easyjet alvo de ciberataque

EUA acusam militares chineses pelo ciberataque à agência de crédito Equifax