EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Quanto custa corromper um eurodeputado?

Parlamento Europeu
Parlamento Europeu Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Teresa Bizarro
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No meio das contas do Qatargate, volta a questionar-se o salário dos políticos, à procura do valor certo para afastar o fantasma da corrupção

PUBLICIDADE

As contas do Qatargate ainda estão por fazer. Uma eurodeputada está presa; dois outros viram a imunidade parlamentar ser levantada esta segunda-feira. Fora do Parlamento Europeu, há mais três suspeitos já identificados neste caso de corrupção. A presidente da assembleia, Roberta Metsola, parece decidida a manter a credibilidade do hemiciclo e promete que não haverá impunidade.

Por entre aplausos surge a pergunta: quanto custa corromper um eurodeputado?

A resposta terá tantas versões quanto números de lugares no hemiclo. Certo é que, na base, todos os eurodeputados ganham o mesmo.

Euronews
Salários e subvenções são iguais para todos os eurodeputadosEuronews

O salário bruto foi atualizado em julho passado para 9800 euros. A este valor aplicam-se as deduções em vigor na Bélgica e podem aplicar-se deduções específicas do país a que o eurodeputado pertence, por isso o valor líquido varia.

Os eurodeputados dispõem de um envelope mensal de mais de 4700 euros para despesas de funcionamento do gabinete, de um subsídio de presença nas sessões plenárias e o reembolso de outras despesas relacionadas com a atividade parlamentar no total de 4716 euros por ano.

No âmbito do Qatargate, a 10 de dezembro, com a detenção da eurodeputada socialista grega Eva Kaili,as autoridades apreenderam um milhão e 500 mil euros em dinheiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Paris presta homenagem aos atletas ucranianos mortos na guerra

Erdoğan anuncia o fim iminente da operação militar contra o PKK no norte do Iraque e da Síria

Ucrânia: bombardeamento em Kherson faz pelo menos dois mortos