Bruxelas promove Aliança Global contra o Tráfico de Migrantes

Ursula von der Leyen
Ursula von der Leyen Direitos de autor Alastair Grant/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ursula von der Leyen frisou durante conferência em Bruxelas a necessidade de uma Aliança Global contra o Tráfico de Migrantes, com governação comum e objetivos partilhados

PUBLICIDADE

Resolver o problema na origem e deixar de apenas reagir é o objetivo de uma Aliança Global contra o Tráfico de Migrantes promovida esta terça -feira pela Comissão Europeia, numa conferência internacional em Bruxelas.

A chefe do executivo europeu, Ursula von der Leyen, esteve em setembro em Lampedusa e não tem dúvidas: “gestão de crises é importante, mas não é suficiente.”

“Precisamos também de uma Aliança Global, com uma governação comum e objectivos partilhados. Deve ser global não só no sentido geográfico, mas também no seu âmbito. Centrando-se na prevenção, na resposta e nas alternativas legais às rotas de contrabando mortais. Foi este o espírito que nos levou a organizar esta conferência.”

Esta conferência ocorre dias após a junta militar agora no poder no Níger ter revertido legislação apoiada pela União Europeia que criminalizava o tráfico de migrantes no país.

O chefe da junta militar alega que essa lei de 2015 “não tinha em consideração os interesses do Níger e dos respetivos cidadãos” e por isso tinha de ser “apagada”.

A decisão da junta é também vista como uma resposta à oposição europeia à mudança de poder e aos pedidos para a reposição do presidente deposto em julho.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Centenas morreram na rota dos Balcãs... e nunca ninguém soube o nome deles

Crise migratória: 34.000 migrantes ilegais atravessaram a Mancha para o Reino Unido desde janeiro

Von der Leyan renova apelo à aquisão conjunta de armas na UE