EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Sonda russa Luna-25 despenhou-se na Lua

Era uma missão crucial para Moscovo, que procura desenvolver projetos espaciais com a China
Era uma missão crucial para Moscovo, que procura desenvolver projetos espaciais com a China Direitos de autor AP/Roscosmos State Space Corporation
Direitos de autor AP/Roscosmos State Space Corporation
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Módulo lançado pela Roscosmos deveria pousar, esta segunda-feira, no polo sul da Lua

PUBLICIDADE

A sonda russa Luna-25 despenhou-se na superfície da Lua, terminando abruptamente o sonho de Moscovo de regressar ao satélite natural da Terra ao fim de quase cinco décadas.

A sonda lançada pela Roscosmos deveria pousar, esta segunda-feira, no polo sul da Lua, o que tornaria a Rússia no primeiro país a fazê-lo.

Mas a entrada em órbita não terá corrido como planeado e as comunicações foram interrompidas.

Era uma missão crucial para Moscovo, que procura desenvolver projetos espaciais com a China, numa altura em que as parcerias com o Ocidente estão comprometidas, nomeadamente com a Agência Espacial Europeia, que recusou cooperar neste e noutros futuros programas lunares.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Módulo de aterragem lunar vai arder na atmosfera terrestre após missão falhada

Nova linha do metro de Roma não terá gladiadores, mas vai passar por baixo do Coliseu

Entusiastas de automóveis clássicos debatem a conversão dos motores de combustão em elétricos