A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Filipinas: Maior massacre de jornalistas recordado em Manila

Filipinas: Maior massacre de jornalistas recordado em Manila
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em Manila, jornalistas filipinos e internacionais acenderam velas numa vigília contra a impunidade e em memória dos 32 jornalistas mortos, entre 58 vítimas, em 2009, naquele que é considerado o maior massacre coletivo de repórteres em todo o mundo.

O julgamento de 192 pessoas ligadas a um clérigo islâmico arrasta-se e foi mesmo impedido de ser coberto pela comunicação social, sem razão aparente.