EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

França: Multa milionária a multinacionais por concertação de preços

França: Multa milionária a multinacionais por concertação de preços
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A Autoridade Francesa para a Concorrência anunciou esta quinta-feira a aplicação de uma multa acumulada recorde de 951,1 milhões de euros a várias

PUBLICIDADE

A Autoridade Francesa para a Concorrência anunciou esta quinta-feira a aplicação de uma multa acumulada recorde de 951,1 milhões de euros a várias empresas dos setores da limpeza e da higiene pessoal e beleza. A maior parte – 605,9 milhões – atinge 11 fabricantes deste último setor; os restantes 354,2 milhões, oito do dos produtos de limpeza.

É a maior multa aplicada pela Autoridade para a Concorrência francesa depois das aplicadas ao setor das telefónicas (534 milhões de euros) e da banca (384 milhões de euros)

Ler aqui o comunicado da Autoridade Francesa para a Concorrência (PDF)

A concertação de preços, entre 2003 e 2006, para os respetivos produtos comercializados, que seriam decididos à mesa de restaurantes de Paris e impostos às superfícies comerciais, está na base desta punição, que atinge os grupos industriais Reckitt Benckiser, Unilever, Procter & Gamble, Hillshire Brands Company, Bolton Manitoba, Johnson & Johnson, L’Oréal, Beiersdorf e SCA Tissue. Seis destas empresas são atingidas por ambas as multas.

Amendes record de 950 millions d'euros pour 13 entreprises dans la cosmétique >> http://t.co/A6d3coynnvpic.twitter.com/PpYMCZ9DBj

— Challenges (@Challenges) 18 dezembro 2014

A maior fatia individual cabe à L‘Óreal, multada em 189 milhões de euros. A companhia francesa de cosmético já anunciou, entretanto, a intenção de recorrer da sentença.

A Unilever, por fim, que terá de pagar cerca entre as duas multas cerca de 173 milhões de euros, considerou a multa “desproporcionada e injustificada”, admitindo igualmente recorrer.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França: Multa recorde de 950 milhões de euros por concertação de preços

Macron pede que antissemitismo seja discutido nas escolas após violação de uma jovem judia

Líder da extrema-direita opõe-se ao envio de tropas francesas para a Ucrânia