Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

"Charlie" ecoou além fronteiras

"Charlie" ecoou além fronteiras
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A mensagem “Eu Sou Charlie” espalhou-se este domingo pelos quatro cantos do mundo.

As homenagens e desfiles não se limitaram ao território francês e muitos foram os países que fizeram questão não só de mostrar solidariedade com França neste momento doloroso, como de defender na rua o ideal da liberdade de expressão.

Em Bruxelas, cerca de vinte mil pessoas percorreram a capital belga com o lema “Unidos contra o ódio”.

Em Berlim, foram 18.000 pessoas a convergir sobre a embaixada de França. “Ultrapassar o terror” ou “Berlim é Charlie” foram algumas das mensagens exibidas nos cartazes que desfilaram na capital alemã.

As manifestações atravessaram o Atlântico e, em Washington, o embaixador francês Gérard Araud liderou o cortejo, acompanhado pela diretora do Fundo Monetário Internacional Christine Lagarde.

As demonstrações de solidariedade também tiveram eco em países de maioria muçulmana, como a Turquia, que fizeram questão de rejeitar a violência propagada por extremistas em nome da religião.

Neste domingo, Istambul também “foi Charlie”.