A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Papa Francisco recorda assassinato de arménios na Segunda Guerra Mundial

Papa Francisco recorda assassinato de arménios na Segunda Guerra Mundial
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco recordou, este domingo, o extermínio do povo arménio, numa missa celebrada na Basílica de São Pedro, e na qual participaram o Patriarca e Catholicos de Todos os Arménios e o Patriarca Católico da Cilícia do mesmo povo:

“A Humanidade passou, no século passado, por três enormes tragédias sem precedentes. A primeira, que é amplamente considerada como o primeiro genocídio do século XX, atingiu o povo arménio”, disse o Sumo Pontífice da Igreja Católica.

Na basílica assistia também à cerimónia o Presidente arménio.

O assassinato de um milhão de arménios continua a ser uma questão sensível. Vinte e dois países qualificaram o ato de genocídio. A Turquia reconhece a morte de centenas de milhares de arménios, durante a deportação, mas nega a intenção do Império Otomano de extinguir qualquer etnia.