EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Reino Unido rejeita sistema de quotas para imigrantes proposto pela UE

Reino Unido rejeita sistema de quotas para imigrantes proposto pela UE
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP / AP / EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Londres fecha as portas a Bruxelas, a respeito do novo plano da União Europeia para lidar com a crise da imigração clandestina e a problemática do

PUBLICIDADE

Londres fecha as portas a Bruxelas, a respeito do novo plano da União Europeia para lidar com a crise da imigração clandestina e a problemática do asilo de refugiados.

O governo conservador do Reino Unido – recentemente reeleito – fez saber que não aceitará o sistema de quotas proposto pelo executivo europeu.

Bruxelas pretende redistribuir os refugiados pelos Estados-membros, tendo em conta indicadores como o PIB, a população, a taxa de desemprego e o número de pedidos de asilo já aceites para definir a quota de cada país.

O plano prevê também um reforço do combate contra os traficantes que organizam nomeadamente as travessias do Mediterrâneo em direção à Europa.

Na ilha italiana de Lampedusa, que acolhe um grande número de imigrantes, a representante da ONG Human Rights Watch, Judith Sunderland, diz que preguntou a muitos “se tinham ouvido falar desta ideia de uma operação militar para destruir os barcos dos traficantes e as redes de tráfico. Ninguém tinha ouvido realmente falar, mas todos ficaram chocados e disseram que isso não seria destruir barcos, mas sim vidas humanas”.

Na primeira linha do combate à imigração clandestina, a Itália acolheu com bons olhos a proposta europeia para ativar um sistema de quotas e reforçar o combate ao tráfico humano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Imigração: um sonho chamado "Europa"

Cartoons: "é a rir que se castigam os costumes"

Como gere a UE a migração e quais as condições de acolhimento que oferece?