Afeganistão: Talibãs atacam prisão e libertam centenas de prisioneiros

Afeganistão: Talibãs atacam prisão e libertam centenas de prisioneiros
De  Dulce Dias com Lusa, EFE, AFP, Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

148 dos mais de 350 presos libertados pertenciam a grupos insurgentes, na sua maioria talibãs

PUBLICIDADE

Um comando talibã atacou, esta madrugada, uma prisão afegã e libertou centenas de prisioneiros. Quatro membros das forças de segurança da prisão faleceram, no ataque, assim como, pelo menos, três dos insurgentes.

Taliban militants free 350 inmates in Afghan prison raid
http://t.co/N8IKQfiySJ#Ghazni

— IBTimes UK (@IBTimesUK) 14 Septembre 2015

O grupo começou por fazer explodir um carro armadilhado frente à prisão e lançar uma granada antitanque RPG antes de invadir o edifício, como explica Mohammad Ali Ahmadi, vice-governador da província de Ghazni:

“Seis homens armados vestidos com uniformes militares explodiram o cadeado da entrada principal, entraram na prisão e começaram a gritar para os prisioneiros: ‘Somos os talibãs, viemos libertar-vos das vossas celas’.”

O estabelecimento prisional situa-se no leste do Afeganistão, na província de Ghazni, e alojava 436 detidos.

Entre 350 e 400 – segundo fontes divergentes – terão sido libertados na manobra, 148 dos quais pertenciam a grupos insurgentes, na sua maioria talibãs, e cumpriam pena por terem atentado contra as forças de segurança afegãs e da NATO.

Três terão, entretanto, sido novamente capturados.

Afghan Taliban attack Ghazni Prison – 355 prisoners escape – 3 arrested so far #Afghanistan#Taliban

— Saima Mohsin (@SaimaMohsin) 14 Septembre 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Começaram os funerais das vítimas do sismo no Afeganistão

Ajuda internacional custa a chegar ao Afeganistão

Balanço do terramoto no Afeganistão sobe para 2000 mortos