Última hora

Última hora

O refugiado do violino

Em leitura:

O refugiado do violino

O refugiado do violino
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de dois mil refugiados esperavam, esta sexta-feira, para entrar na Croácia, a partir da Sérvia.

Foi aqui que um refugiado sírio nos chamou a atenção. O violino de Alm Aldin fê-lo destacar-se entre a multidão. Este rapaz de 13 anos, acompanhado pelo pai, sonha chegar à Áustria ou Alemanha e tornar-se músico.

A música ajuda-o a sonhar com “paz e fazer toda a gente feliz”. Quer também “trabalhar com um músico” que seja melhor do que ele, “aprender com ele” para ser melhor.

Apesar da dureza da situação em que se encontra atualmente, Aldin não tem saudades dos últimos tempos na Síria: “A única coisa que eu vejo é guerra. Só quero que esta acabe, para voltar”.