Takata: 200 milhões de dólares de multa pelos airbags defeituosos

Takata: 200 milhões de dólares de multa pelos airbags defeituosos
De  Dulce Dias com REUETRS, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O fabricante japonês de componentes automóveis é sancionado civilmente pelos airbags defeituosos que já provocaram a morte a 7 pessoas

PUBLICIDADE

A Takata foi condenada a pagar uma multa recorde de 200 milhões de dólares, nos Estados Unidos. O fabricante japonês de componentes automóveis é sancionado civilmente pelos airbags defeituosos que equipam várias marcas de carros – e que já provocaram a morte a 7 pessoas e ferimentos a mais de uma centena.

“Sabemos que os airbags produzidos pela empresa Takata são propensos a roturas explosivas e ao envio de fragmentos para o habitáculo do veículo”, explica Anthony Foxx, secretário de Estado norte-americano para os Transportes.

A agência federal para a segurança rodoviária, por seu lado, insta ainda o fabricante a deixar de usar nitrato de amónio como agente propulsor.

A Takata deverá pagar imediatamente 70 milhões de dólares e acelerar a reparação dos 23 milhões de airbags que equipam automóveis de 12 construtores diferentes. Se não respeitar o acordo, pagará os restantes 130 milhões de dólares.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Japão assina mais de 50 acordos de cooperação com Ucrânia

Balanço do sismo no Japão sobe para 126 mortos

100 mortos e 200 desaparecidos no terramoto no Japão