Aung San Suu Kyi triunfa na Birmânia

Aung San Suu Kyi triunfa na Birmânia
De  Ricardo Figueira com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O partido da Prémio Nobel da Paz e opositora histórica da Junta Militar venceu, com maioria absoluta, as legislativas deste domingo.

PUBLICIDADE

Da prisão para o poder: O partido da Prémio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi é o vencedor das eleições legislativas na Birmânia, embora os resultados eleitorais definitivos ainda não sejam conhecidos.

O partido até agora no poder, Partido da Solidariedade e Desenvolvimento, a quem a junta militar entregou o poder em 2011, já reconheceu a derrota.

Diz Thein Aung, um birmanês com 78 anos, “esperemos que agora fiquemos livres da repressão. Suu Kyi pode trazer-nos a liberdade. Até hoje, só conheci governos opressivos”.

A Liga Nacional para a Democracia, de Aung San Suu Kyi, deve ter a maioria absoluta nas duas câmaras do parlamento, onde a Constituição, redigida pela junta militar, obriga ainda a que um quarto dos lugares seja ocupado por militares. A mesma Constituição, que pode ter os dias contados, impede também Aung San Suu Kyi de chegar à presidência.

A sobering take on the election in Burma. https://t.co/irPkmnR59V

— Joshua Oppenheimer (@JoshuaOppenheim) November 10, 2015

There is no forever enemies or forever friends in politic. #Myanmar#Burma#ShweMann#ASSKhttp://t.co/iYn3mOJRrfpic.twitter.com/0YPNfvtgPe

— AungSanSuuKyi (@OfficialSuuKyi) August 17, 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Aung San Suu Kyi: O percurso de uma resistente

Eleições parlamentares no Irão começam com mais de 15 mil candidatos

Irão realiza eleições parlamentares na sexta-feira