EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Boutros-Ghali: Primeiro africano a liderar a ONU falece aos 93 anos

Boutros-Ghali: Primeiro africano a liderar a ONU falece aos 93 anos
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O primeiro Secretário-Geral da ONU proveniente do continente africano, o egípcio Boutros Boutros-Ghali, faleceu esta terça-feira num hospital de

PUBLICIDADE

O primeiro Secretário-Geral da ONU proveniente do continente africano, o egípcio Boutros Boutros-Ghali, faleceu esta terça-feira num hospital de Gizé, nos arredores do Cairo, aos 93 anos de idade.

O anúncio foi feito pelo embaixador venezuelano na ONU, ao início de uma reunião do Conselho de Segurança, marcada por um minuto de silêncio.

Boutros-Ghali tinha desempenhado o cargo cimeiro da ONU entre 1992 e 1996, marcado pela crise da fome na Somália, tendo protagonizado uma das primeiras grandes operações humanitárias das Nações Unidas em África.

O responsável, cujo mandato se cruzou com a guerra na ex-Jugoslávia, tinha sido igualmente criticado pela inação durante o genocídio no Ruanda, ou a falta de intervenção da ONU durante a guerra civil em Angola.

A reação de Ban Ki-Moon:

Statement by Ban Ki-moon on the death of former UN</a> Secretary-General Boutros Boutros-Ghali <a href="https://t.co/jEOgO9BsSr">https://t.co/jEOgO9BsSr</a></p>&mdash; UN Vienna (UN_Vienna) February 16, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França despede-se de Jean-Louis Georgelin

Debandada em evento religioso na Índia mata mais de 100 pessoas

Líder do Malawi pede investigação independente à morte do vice-presidente em acidente de aviação