EUA: 22 anos de prisão por recrutar jihadistas

EUA: 22 anos de prisão por recrutar jihadistas
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Um habitante do estado de Nova Iorque foi condenado esta quinta-feira a 22 anos e meio de prisão por tentar recrutar combatentes para as fileiras do

PUBLICIDADE

Um habitante do estado de Nova Iorque foi condenado esta quinta-feira a 22 anos e meio de prisão por tentar recrutar combatentes para as fileiras do autoproclamado “Estado Islâmico” na Síria.

Em dezembro, Mufid Elfgeeh, de 32 anos, declarou-se culpado. O FBI pagou desde 2013 a dois informadores que ajudaram a investigar Elfgeeh.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nova Iorque sacudida por terramoto de 4,8 na escala de Richter, o maior em mais de 40 anos

Israel vai abrir dois corredores de ajuda humanitária em Gaza após aviso dos EUA

Homem que recebeu rim de um porco teve alta hospitalar