A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Jacob Zuma aceita sencença contra ele

Jacob Zuma aceita sencença contra ele
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Acusado de corrupção, o presidente da África do Sul Jacob Zuma diz que vai respeitar qualquer decisão do tribunal, mas nega qualquer irregularidade.

O presidente é acusado de ter usado dinheiro do Estado na casa pessoal. Um painel mandatado pelo Tribunal Constitucional ordenou-lhe que devolvesse uma parte do dinheiro.

“Aceito a decisão do Tribunal Constitucional sem reservas. Esta sentença veio realçar os valores que sustêm a nossa liberdade e a democracia, que tanto custaram a conquistar” – Palavras do presidente, numa comunicação ao país, que não convencem todos aqueles que têm vindo a pedir a demissão de Zuma. A oposição avançou com um pedido de impugnação que só muito dificilmente passará, devido à forte maioria do ANC no Parlamento. Esta não é a primeira vez que Jacob Zuma tem problemas com a justiça do país.