Última hora

Última hora

Nova jornada de protestos em França contra reforma laboral do Governo

Nova jornada de protestos em França contra reforma laboral do Governo
Tamanho do texto Aa Aa

De norte a sul de França, a jornada desta quinta-feira voltou a ser marcada por uma vaga de protestos em massa contra a polémica reforma laboral do Governo.

Em Marselha não se registaram incidentes, mas o protesto fez-se ouvir de forma ruidosa pelas ruas da cidade. Em Paris, a contestação também se fez notar.

O executivo gaulês recorreu a uma cláusula da Constituição, conhecida como 49.3, que permite ao Governo fazer passar uma proposta de lei sem a sujeitar a votação se, no espaço de 48 horas, não for aprovada uma moção de censura.

Na capital francesa várias pessoas acabaram por ser detidas na sequência de confrontos com a polícia. As autoridades usaram gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes que arremessaram pedras e vários objetos.

O presidente François Hollande já fez saber que não vai ceder a pressões e que levará o projeto de lei adiante.