François Hollande prolonga estado de emergência em França e quer reforçar ação militar na Síria e Iraque

François Hollande prolonga estado de emergência em França e quer reforçar ação militar na Síria e Iraque
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente francês, François Hollande, reuniu-se com o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, e o primeiro-ministro Manuel Valls, no gabinete de crise em…

PUBLICIDADE

O presidente francês, François Hollande, reuniu-se com o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, e o primeiro-ministro Manuel Valls, no gabinete de crise em Paris.

O presidente anunciou que o estado de emergência será prolongado por 3 meses.

“A França foi atingida no dia da sua festa nacional: 14 de julho, de símbolo de liberdade. Porque os direitos humanos são negados pelos fanáticos, a França é forçosamente o alvo. Nada nos vai fazer ceder na nossa determinação de lutar contra o terrorismo. E vamos reforçar ainda mais as nossas ações na Síria como no Iraque. Vamos continuar a atacar nos seus esconderijos, precisamente aqueles que nos atacam no nosso próprio solo,” disse o presidente francês, François Hollande, em resposta ao atentado de Nice na quinta-feira.

O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, já está em Nice e anunciou que o plano de segurança Vigiparte passaria a “alerta-atentado” no departamento Alpes-Marítimos

François Hollande chega à cidade esta sexta-feira, após uma reunião com o Governo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

#TheCube: Macron abdicou da sua reforma enquanto presidente?

Porque é que o incêndio de Valência devorou 138 casas numa hora?

Vulcão na Islândia volta a entrar em erupção e deixa população sem água quente e aquecimento