Furacão: Honduras e Belize preparam-se para a chegada o "Earl"

Furacão: Honduras e Belize preparam-se para a chegada o "Earl"
De  Miguel Roque Dias com Reuters, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A tempestade tropical “Earl” transformou-se num furacão e deve atingir a América Central, esta quinta-feira.

PUBLICIDADE

A tempestade tropical “Earl” transformou-se num furacão e deve atingir a América Central, esta quinta-feira.

Station cameras captured a tropical system in the Caribbean yesterday. Today it formed into Tropical Storm Earl.https://t.co/FYy5s9jGkq

— Intl. Space Station (@Space_Station) August 2, 2016

Segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos da América, o “Earl” desloca-se para oeste e está localizado a 110 quilómetros a noroeste da ilha Roatan, nas Honduras, e a 240 quilómetros a este da cidade de Belize, no Belize.

As rajadas de vento podem atingir os 121 quilómetros/hora nas Honduras, podendo atingir os 241 quilómetros/hora quando passar pelo Belize.

O coordenador nacional de emergências do Belize, Shelton DeFour, afirmou que estão preparados mais de mil refúgios, “que os profissionais de busca e salvamento estão a postos e que colocaram grande parte dos funcionários públicos em locais-chave, em particular, na cidade de Belize.”

O Centro Nacional de Furacões norte-americano anunciou que a trajetória do “Earl” inclui o Belize e as Honduras, podendo seguir depois para a Península de Iucatão, no México ou para o norte da Guatemala.

A Hurricane Watch & Tropical Storm Warning have been issued for Belize & portions of the Yucatan Peninsula #Earlpic.twitter.com/Fmyp2Hfmgx

— NHC Atlantic Ops (@NHC_Atlantic) August 2, 2016

O “Earl” já fez vítimas.
88 pescadores tiveram de ser resgatados de uma embarcação em apuros, ao largo da costa das Honduras. Segundo as autoridades do país, dois pescadores estão desaparecidos.

Segundo o centro meteorológico norte-americano, o “Earl” deverá diminuir de intensidade quando tocar em terra.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Primeiros nevões do ano em Berlim e em estocolmo

Tempestade Ciaran traz ventos e chuvas fortes ao noroeste de França

Desespero três dias depois da passagem do furacão Otis em Acapulco