EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Combatentes rebeldes deixam Daraya armados

Combatentes rebeldes deixam Daraya armados
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Esta retirada é o resultado de um acordo entre o governo sírio e vários grupos da oposição.

PUBLICIDADE

Na Síria, começaram a chegar às zonas rebeldes os vários combatentes da oposição que escaparam de Daraya, o subúrbio de Damasco agora controlado pelas forças fiéis ao governo.

Esta retirada foi possível graças a um acordo entre as forças de Bashar el-Assad e vários grupos da oposição. As forças governamentais ocuparam a cidade ao fim de quatro anos de cerco. Os soldados rebeldes puderam sair com as armas.

“Trata-se de entre 4000 e 5000 civis, juntamente com cerca de 1000 homens armados. Não temos um número exato, sabemos que são os grupos armados que ocupavam Daraya. Todos os dias vemos pessoas a sair, tal como os cidadãos que estavam reféns dos rebeldes”, diz um comandante das forças governamentais.

Se para muitos o destino é Hama, para cerca de 700 combatentes armados o destino é a província de Idlib, ainda sob controlo das tropas rebeldes. Cerca de 4000 civis foram levados para um abrigo perto de Daraya.

Para os rebeldes, esta retirada é um sinal de vitória: “Para alguns, estas imagens podem representar uma derrota, mas na verdade representam a fraqueza do regime e seus aliados. As potências mundiais não conseguiram ocupar a cidade. Se o regime tivesse conseguido, não tinha deixado esta gente sair. Tê-los-iam morto a todos, mas devido à fraqueza foram obrigados a deixá-los sair com as armas”, diz Husam Salameh, comandante do grupo Ahrar al Sham.

A população de Daraya está agora a receber ajuda humanitária por parte do Crescente Vermelho, que está também a ajudar nas operações de evacuação.

#Breaking: SYRedCrescent</a> teams carry out their <a href="https://twitter.com/hashtag/humanitarian?src=hash">#humanitarian</a> duty in <a href="https://twitter.com/hashtag/Daraya?src=hash">#Daraya</a> <a href="https://t.co/kFAX8WR5n7">pic.twitter.com/kFAX8WR5n7</a></p>&mdash; Syrian Red Crescent (SYRedCrescent) August 26, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Duas crianças entre os seis mortos após bombardeamentos de Assad em Idlib

Região rebelde de Idlib bombardeada após ataque em Homs

Ataque aéreo provoca várias vítimas mortais num mercado no noroeste da Síria