A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Depois de Snowden, NSA enfrenta mais uma fuga de informação

Depois de Snowden, NSA enfrenta mais uma fuga de informação
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O FBI prendeu um contratado da Agência de Segurança Nacional (NSA) americana sob a acusação de roubo de informação altamente confidencial e investiga agora uma eventual ligação à recente fuga de ferramentas de pirataria informática usadas para entrar em computadores de países como a Rússia e a China, segundo um comunicado do Departamento de Justiça.

Harold Thomas Martin, de 51 anos, foi detido em Maryland em agosto, dois depois de uma inspeção ao seu carro e à casa onde vivia, a 27 de agosto.

Trabalhava para a mesma consultora, Booz Allen Hamilton, que Edward Snowden quando causou a fuga de informação da NSA em 2013.

A empresa emitiu um comunicado dizendo que quando tomou conhecimento da detenção do seu funcionário pelo FBI, tinha procedido de imediato ao seu despedimento e que se tinha disposto a colaborar por inteiro com o FBI.

O Departamento de Justiça americano acusou Martin, que detinha autorização para aceder a segredos nacionais, com roubo de material governamental classificado. A queixa oficial não especificava a motivação de Martin, que pode incorrer numa pena de até 10 anos de prisão.