Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Popularidade do partido de Angela Merkel pela primeira vez abaixo dos 30%

Popularidade do partido de Angela Merkel pela primeira vez abaixo dos 30%
Tamanho do texto Aa Aa

A Chanceler alemã termina hoje na Etiópia uma ronda por três países africanos dedicada ao tema do combate à imigração clandestina para a Europa.

Depois de visitar o Mali e o Niger, entre os países mais pobres do mundo, Angela Merkel reúne-se hoje em Addis Abeba com os principais responsáveis políticos do país.

Durante a “tournée” a Chanceler assinou vários acordos de cooperação para reforçar a luta contra as redes de tráficos de imigrantes e os grupos islamitas.

Um esforço que não parece ser recompensado pelas sondagens, quando a CDU de Merkel se encontra pela primeira vez abaixo dos 30% de popularidade, segundo um estudo de opinião publicado hoje.

A política migratória de Merkel e a decisão de acolher mais de um milhão de refugiados, no ano passado, abalam a popularidade da Chanceler a um ano das próximas eleições.

Merkel tinha rejeitado ceder à vaga populista marcada pela ascensão do partido de extrema-direita AFD, tendo anunciado, na semana passada, que o país vai acolher 500 migrantes por mês provenientes dos campos de acolhimento em Itália.

Merkel deverá ainda receber os líderes do Chade e da Nigéria, até ao final da semana, em Berlim.