EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Matthew ataca sul dos EUA

Matthew ataca sul dos EUA
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As cheias estão a afetar, em especial, o Estado da Carolina do Norte.

PUBLICIDADE

O furacão Matthew já matou mais de 50 pessoas nos Estados Unidos. Aquela que é considerada a maior tempestade atlântica dos últimos nove anos está a atingir os Estados da Florida, da Geórgia e as duas Carolinas.

A Carolina do Norte é o Estado mais afetado. As cheias causadas pela tempestade fizeram pelo menos 35 mortes e mais de 4000 deslocados, dos quais mais de 1000 na zona de Lumberton. Esta cidade de 21.000 habitantes ficou praticamente submersa. Uma das principais estradas ficou impraticável.

O governador da Carolina do Norte, Pat McCrory, deixou um aviso à população: “Não tentem atravessar a água. Mais de dez pessoas morreram por causa disso. Não andamos a brincar e não queremos pôr pessoas em risco por causa da vossa decisão. Já morreu muita gente”.

Heading back to the Emergency Operations Center. Had a great time debating the issues. #ncpolhttps://t.co/i4WWmfRqMA

— Pat McCrory (@PatMcCroryNC) October 12, 2016

Na cidade de Kinston, a preocupação é também muito grande. Prevê-se que o nível das cheias continue a subir e chegue aos oito metros no sábado.

Além do balanço humano, os estragos materiais na Carolina do Norte são também grandes: Cerca de 7000 casas destruídas e danos a rondar os três mil milhões de dólares.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Idalia" fez quatro mortos e já deixou os EUA rumo ao Atlântico

Florida: Furacão Idalia transformou estradas em rios, mas não fez vítimas mortais

Furacão Idalia deixa casas submersas e 242 mil pessoas sem energia na Flórida