Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

90 dólares para participar no assassinato de Kim Jong-nam

90 dólares para participar no assassinato de Kim Jong-nam
Tamanho do texto Aa Aa

Pouco mais de 90 dólares, foi o dinheiro que a cidadã indonésia afirma ter recebido para participar no ataque a Kim Jong-nam, o meio-irmão do líder da Coreia do Norte
, e que acreditava ser uma brincadeira, adiantou, este sábado, a representação diplomática da Indonésia na Malásia.

Duas mulheres – uma indonésia e outra vietnamita – foram detidas. Segundo a polícia, uma delas sofreu com os efeitos de VX, o químico usado no assassinato.

Entretanto o aeroporto internacional de Kuala Lumpur vai ser cuidadosamente limpo para eliminar qualquer possível traço do veneno.

Segundo o embaixador da Indonésia na Malásia, Andreano Erwin, a cidadã da indonésia colaborou na identificação de outros suspeitos.

“Ela só disse que alguém lhe pediu para fazer isto e que lhe entregaram uma espécie de óleo de bebé. Ela disse que conheceu algumas pessoas que pareciam japoneses ou coreanos”, afirmou o embaixador da Indonésia na Malásia.

Entretanto, a Malásia pretende emitir um mandado de prisão para o diplomata norte-coreano, Hyon Kwang Song, se ele não cooperar voluntariamente com a polícia na investigação sobre o assassinato de Kim Jong-nam.

“Como referiu o Inspector Geral da Polícia, se após um período de tempo razoável, essa pessoa não der uma resposta positiva ao nosso pedido, vamos compelir a que ela se apresente. Vamos esperar apenas um pouco mais para fazer isso,” declarou o chefe de polícia de Selangor, Abdul Samah Mat.

Kim Jong-nam foi assassinado em 13 de fevereiro no aeroporto internacional de Kuala Lumpur com o agente nervoso VX, um produto químico classificado pelas Nações Unidas como uma arma de destruição maciça.