EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Merkel ouvida por comissão de inquérito ao escândalo Volkswagen

Merkel ouvida por comissão de inquérito ao escândalo Volkswagen
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A chanceler alemã foi a última testemunha a ser ouvida pela comissão de inquérito encarregada de analisar o escândalo das emissões, que afetou a Volkswagen.

PUBLICIDADE

A chanceler alemã foi a última testemunha a ser ouvida pela comissão de inquérito encarregada de analisar o escândalo das emissões, que afetou a Volkswagen.

A esta comissão parlamentar, em Berlim, Angela Merkel afirmou que soube da polémica pelos meios de comunicação social, em setembro de 2015.

O grupo foi criado por iniciativa da oposição para esclarecer o papel do executivo neste caso, ou seja, compreender se alguém estava a par das práticas fraudulentas da gigante alemã do setor automóvel. Aparentemente, não.

Foram também ouvidos neste processo Sigmar Gabriel, antigo ministro da Economia e atual responsável pela Diplomacia do país, e o ministro dos Transportes, entre outros.

O grupo, detentor de 12 marcas de automóveis, utilizou um dispositivo que falseava os resultados de emissões de gases poluentes. Foram afetadas 11 milhões de viaturas, em todo o mundo.

O caso foi descoberto nos EUA, em setembro de 2015. A construtora automóvel foi declarada culpada de fraude, no país, e obrigada a pagar quase 22 mil milhões de dólares, cerca de 20 mil milhões de euros, em indemnizações.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Veículos Volkswagen Beetle desfilaram na Cidade do México no domingo

Líder do Malawi pede investigação independente à morte do vice-presidente em acidente de aviação

Processo de António Costa desce do Supremo para o DCIAP