EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ataque, contra-ataque: As imagens que marcaram esta semana

Ataque, contra-ataque: As imagens que marcaram esta semana
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Os EUA acabam de lançar mais achas numa fogueira já bem acesa.

PUBLICIDADE

Os EUA acabam de lançar mais achas numa fogueira já bem acesa. O ataque dos norte-americanos contra uma base aérea síria. Antes de responderem ao ataque os russos homenageavam as vítimas do ataque ao metro em São Petersburgo que fez mais de uma dezena de mortos. Estas e outras imagens fazem a história desta semana.

O navio USS Porter (DDG 78), da Marinha dos EUA, serviu de base para o lançamento de mísseis, a partir do mar Mediterrâneo, segundo o Departamento de Defesa dos Estados Unidos a iniciativa fez parte do ataque, com mísseis de cruzeiro, contra a Síria, realizado a 7 de abril de 2017. Ford Williams/Cortesia Marinha dos EUA

Um elemento da defesa civil respira através de uma máscara de oxigénio, após o ataque com um gás na cidade de Khan Sheikhoun, na região rebelde de Idlib, na Síria, a 4 de abril de 2017. REUTERS/Ammar Abdullah

Os membros da guarda de honra marcham pela “muralha” do Kremlin durante um cerimónia que homenageia as vítimas da explosão no metro de São Petersburgo, e que decorreu em Moscovo, na Rússia, a 6 de abril de 2017. REUTERS/Maxim Shemetov

Theresa May, cumprimenta Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, no exterior do número 10 de Downing Street, a residência oficial da primeira-ministra britânica, localizada no centro de Londres, a 6 de abril de 2017. REUTERS/Hannah McKay

Manifestantes protestaram contra uma nova lei, aprovada pelo parlamento húngaro, que pode forçar a Universidade Central da Europa, fundada por George Soros, a sair da Hungria. Budapeste, 4 de abril de 2017. MTI Photo: Kovács Tamás

Membros de uma equipa de resgate durante o enterro de um companheiro que morreu na sequência das inundações e deslizamentos de terra, causados ​​por chuvas fortes, e que levaram vários rios a transbordar, em Mocoa, Colômbia, 4 de abril de 2017. REUTERS/Jaime Saldarriaga

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Robert de Niro chama "palhaço" a Donald Trump à porta do tribunal

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"